Open Call — Rede de Residências PALOP

Candidaturas
  • Info
Está aberta uma open call para um workshop-audição em Lisboa, coordenado por Panaibra Canda, em que será selecionada uma pessoa proveniente de Portugal para participar na Rede de Residências PALOP.

Open call

dança

10 — 31 JUL 2024

Candidaturas online

Rede de Residências PALOP

O alargamento da Rede de Residências PALOP ao território nacional acontece por iniciativa dos Estúdios Victor Córdon (EVC), e pretende promover a circulação e criação conjunta entre artistas de países africanos de Língua Oficial Portuguesa e artistas de Portugal.
Os(as) artistas participantes nesta primeira edição alargada são provenientes de Moçambique, São Tomé e Príncipe, Angola, Cabo Verde e Portugal.

Como nasceu...

A iniciativa nasce de um convite lançado pelos EVC à CulturArte* para a ampliação do projeto RIR PALOP — Rede Internacional de Residências, implementado há vários anos por aquela instituição, e da necessidade dos Estúdios Victor Córdon darem continuidade ao fluxo de artistas participantes no programa Itinerários**, realizado em parceria com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, através do Centro Cultural Português em Maputo. O programa Itinerários, da autoria dos EVC, teve três edições entre 2021 e 2023.
A estas três instituições juntaram-se entidades parceiras que partilham objetivos de programação, a saber, Teatro Viriato (Viseu), CRL-Central Elétrica/Circolando (Porto) e A Oficina (Guimarães).
- * A CulturArte, Centro de Desenvolvimento para as Artes do Espetáculo, particularmente da dança contemporânea, foi fundada em 1998, em Maputo, pelo bailarino e coreógrafo moçambicano Panaibra Gabriel Canda.
- **Itinerários foi um programa de incentivo à criação artística dirigido a criadores(as) moçambicanos(as) da área da dança, realizado em parceria com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, através do Centro Cultural Português em Maputo. O programa contou com um(a) mediador(a) em Maputo em cada edição — Horacio Macuacua (2021), Edna Jaime (2022), e Panaibra Canda (2023), um mediador em Portugal — David Marques — e com três participantes — Mai-Júli Machado, Osvaldo Passirivo, Yuck Miranda em 2021, Francisca Mirine, Leia Mabasso e Vasco Sitoe em 2022, e Amélia Socovinho, Carolina Manuel e Diogo Igor Amaral em 2023.

Como irá acontecer...

Assim, Panaibra Canda fará a seleção de 4 artistas de Moçambique, São Tomé e Príncipe, Angola e Cabo Verde e também de um(a) artista de Portugal, a partir do workshop-audição que terá lugar em Lisboa de 23 a 28 de setembro de 2024. No total, serão participantes na residência cinco artistas.
Ao longo de 5 semanas, estes(as) artistas desenvolvem trabalho colaborativo de criação nas residências artísticas programadas para Lisboa, Porto, Viseu e Guimarães. Paralelamente à criação, serão também promovidas mostras de resultados, conversas, workshops de danças dos países de proveniência dos(as) artistas convidados(as), formações nas áreas técnica, de produção e comunicação, e interações com artistas locais. O programa termina em Maputo com a apresentação pública do trabalho realizado ao longo das residências.

CALENDÁRIO DO PROCESSO DE SELEÇÃO

  • Processo de seleção dos(as) quatro artistas de Moçambique, São Tomé e Príncipe, Angola e Cabo Verde por Panaibra Canda
  • Lançamento da open call para o workshop-audição — 10 JULHO
  • Fecho da open call — 31 JULHO
  • Divulgação das pessoas selecionadas para o workshop-audição em que será selecionado(a) o(a) participante de Portugal — início de SETEMBRO (data a anunciar)

CALENDÁRIO DO PROGRAMA

LISBOA
  • Chegada a Lisboa dos(as) 4 participantes já selecionados(as) — 22 SET
  • Workshop-audição nos Estúdios Victor Córdon — 23-28 SET
VISEU
  • Viagem para Viseu — 29 SET
  • Residência no Teatro Viriato (Viseu) — 30 SET-4 OUT
  • Programa preliminar da residência: Visita às instalações e apresentação à equipa Teatro Viriato. Reunião preparatória da semana e apresentação de plano de trabalho. Pré-montagens de 2 espetáculos (Ilusionismo e música) que estarão em cena nesta semana e aquisição de conhecimento prático a nível de som e luz. Elaboração de dossiers de espetáculos e conhecimentos básicos de comunicação: imprensa e redes sociais. Aquisição de conhecimentos de produção, logísticas e calendarização. O estúdio de dança será alocado ao grupo toda a semana.
PORTO
  • Viagem para o Porto — 5 OUT
  • Residência CRL-Central Elétrica/Circolando (Porto) com apresentação informal de resultados — 7-12 OUT
  • Programa preliminar da residência: Residência artística em interlocução com os diretores artísticos da companhia e artistas locais. A apresentação informal dos resultados será seguida de uma conversa com o público.
GUIMARÃES
  • Viagem para Guimarães — 13 OUT
  • Residência A Oficina (Guimarães) — 14-19 OUT
LISBOA
  • Viagem para Lisboa — 20 OUT
  • Ensaios e apresentação de resultados nos Estúdios Victor Córdon — 21-23 OUT
MAPUTO /MOÇAMBIQUE
  • Viagem para Maputo — 24-25 OUT
  • Ensaios e apresentação pública em Maputo (local a anunciar) — 26-30 OUT
Esta iniciativa tem o apoio da Direção-Geral das Artes.

CANDIDATURA AO WORKSHOP-AUDIÇÃO — REQUISITOS:

  • Envio de biografia
  • Carta de motivação
  • Envio de solo de dança em vídeo de curta duração
  • Ter documento de viagem válido para viagens internacionais
  • Disponibilidade total entre 23 de setembro e 30 de outubro

NOTAS:

— À pessoa selecionada serão fornecidas refeições, alojamento e transporte a cargo dos espaços de acolhimento, com exceção do período de workshop-audição em Lisboa;
— A pessoa selecionada contará com um apoio financeiro pela sua participação no programa.
Participantes atuais

Este website utiliza cookies. Saber Mais.